15 de nov de 2009

O que é Mobilidade Estudantil?



No Siga ficará registrado que estaremos no exterior e as informações desse processo, a cadeira que estaremos pagando na Universidade de Coimbra e as equivalentes aqui na Universidade Federal, a duração do intercambio, etc.!

Obs: Ainda não fizemos a matrícula em mobilidade estudantil, teremos que preencher o contrato de estudos da UFPE que deverá ser assinado pelo Coordenador de Curso e entregue na sala da Cooperação Internacional.

"O programa de Mobilidade Estudantil é uma oportunidade para que os estudantes complementem sua formação por meio de outras experiências acadêmicas e de integração aos diversos contextos e cenários nacionais e internacionais e, dessa forma, possam adquirir maior espírito crítico e uma visão mais abrangente das diferentes realidades de regiões do Brasil ou de outros países.
Atualmente, existem duas possibilidades para um estudante participar da mobilidade estudantil: mobilidade entre Instituições Federais de Ensino Superior (IFES - nacionais) e a mobilidade internacional, entre a UFPE e diversas outras instituições de ensino superior estrangeiras."

"Mobilidade Internacional

É no âmbito da Cooperação Internacional que se realiza a mobilidade entre os estudantes da UFPE e de diversas outras instituições de ensino superior estrangeiras.
A Divisão de Cooperação Internacional, subordinada diretamente ao Gabinete do Reitor, em conjunto com a PROACAD, desempenha uma série de atividades relacionadas ao intercâmbio internacional, que vão desde a orientação de alunos e professores, que buscam informações sobre as opções e procedimentos necessários para estudar no exterior, até coordenar o trabalho de elaborar acordos internacionais.

[...]

Intercâmbio
É um programa disponível para todos os cursos de graduação da UFPE, desde que haja equivalência na Instituição conveniada. A duração do intercâmbio pode variar de 6 (seis) meses a 1 (um) ano. Algumas das instituições oferecem isenção das taxas de estudos. Portanto, as despesas com passagem e estada ficam por conta do (a) candidato (a)."

(Informações via PROACAD)

Ou seja, não nos desvinculamos da Universidade Federal de Pernambuco, nem trancamos o curso, damos continuidade ao curso em outra Universidade. Na Universidade de Coimbra estaremos matrículados em cadeiras que substituirão, quando equivalentes, cadeiras que pagaríamos aqui.


PS: Obrigada pela dica de Post, Luiza Maciel! Espero que tenha esclarecido!

Matrículas em Mobilidade Estudantil

"Em anexo enviamos o contrato de estudos da UFPE que deverá ser preenchido e assinado pelo Coordenador de Curso.
Tal documento tem a finalidade de realizarmos a matrícula em 2010.1 em Mobilidade Estudantil[...]"

É o seguinte: Em Portugal o período dura um ano, enquanto aqui dura seis meses, e começa no período equivalente ao meio do ano daqui. É necessário analisar a duração da cadeira, o período de início, a carga horária, etc. Para agilisar o trabalho do coordenador, é interessante pesquisar essas informações no site da Universidade de Coimbra e fazer o processo já explicitado no post Escolha das cadeiras!

"Para facilitar a equivalência de disciplinas imprimam as ementas das disciplinas que pretendem cursar no exterior e levem junto a este documento para a coordenação do curso."

É preciso analisar as cadeiras escolhidas de acordo com as cadeiras que já foram pagas, que podem ser pagas, que equivalem a alguma que seria paga aqui, etc. Tudo isso é feito acompanhado do coordenador do curso!

No caso da Universidade Federal de Pernambuco, onde fazemos a matrícula via Siga, estaremos matriculados em Mobilidade Estudantil!

13 de nov de 2009

Vacina!


Fomos na Policlínica e Centro de Saúde Lessa de Andrade, e os furinhos recomendados são:
-Tríplice viral
-Febre amarela
-Tétano*

Até 19 anos tem-se de graça, então hepatite B é uma dica nossa!

Contato com o Lessa (para os mais íntimos):
Estrada dos Remédios, 2416
Madalena - Recife - PE
Tel: (81) 3228-3387 | 3227-1622

*Ai!

Passagem = mais uma propaganda da STB


Vamos de TAP!
Tudo resolvido pela STB, que nos atendeu e orientou bem. Só não podemos agradecer por uma coisa (que na verdade nem é culpa deles): compramos ida e volta com nossa volta válida até janeiro de 2011, só que não tem voô marcado ainda nessa data e tivemos que agendar num mês anterior para depois pagarmos uma multa para remarcar e nem é culpa nossa também. Fora isso, tudo tranquilo. E mais uma vez: de olho no dólar!



Para mais informações: http://www.stb.com.br/

Endereço em Pernambuco:
Recife
Rua Padre Bernardino Pessoa, 266 - Boa Viagem
Tel.: (81) 2123-4522 / Fax: (81) 3466-2636
De 2ª a 6ª das 9h às 18h e aos Sábados das 9h às 13h

12 de nov de 2009

Seguro saúde através da STB






Obs.: Ficar de olho no dólar.

Para mais informações: http://www.stb.com.br/

Endereço em Pernambuco:
Recife
Rua Padre Bernardino Pessoa, 266 - Boa Viagem
Tel.: (81) 2123-4522 / Fax: (81) 3466-2636
De 2ª a 6ª das 9h às 18h e aos Sábados das 9h às 13h

PS: Fazendo a carteira de estudante internacional, recebe desconto no seguro saúde!

8 de out de 2009

Visto de estudo

Você também está completamente perdido sem saber do que raios precisa pra fazer o visto?
Treme ao ver a lista imensa de documentos necessários, que parecem estar todos interligados?

Não se desespere, abaixo está a lista definitiva recebida após uma longa visita ao Consulado de Portugal em Recife (contatos no final do post).

* Seguro de Saúde internacional (apólice no valor de 30.000 euros, com direito a repatriação e válido por 1 ano; ou modelo “PB4″ ref. Acordo Brasil/Portugal Segurança Social – INSS – Ministério da Saúde devidamente reconhecido em Cartório de Ofício + fotocópia autenticada;
* 2 fotos 3×4 coloridas;
* 2 fotocópias da carteira de identidade;
* 2 Fotocópias autenticadas das três primeiras folhas do passaporte;
* 2 Fotocópias da reserva da passagem aérea;
* 2 Fotocópias autenticadas do diploma (caso não tenha terminado o curso, deverá apresentar declaração de vínculo da Universidade com assinatura reconhecida em Cartório de Ofício + fotocópia autenticada);
* Atestado de saúde dizendo que não é portador de doença infecto-contagiosa e nenhuma doença mental (assinatura do médico reconhecida em Cartório de Ofício + fotocópia autenticada); (qualquer clínico geral está apto a dar tal declaração)
* Certificado de antecedentes criminais emitido pela Polícia Federal (assinatura do original reconhecida em Cartório de Ofício);
* Certificado de antecedentes criminais estadual (assinatura do original reconhecida em Cartório de Ofício) + fotocópia autenticada; (pode ser conseguido em qualquer Expresso Cidadão, mediante taxa de R$9,00)
* Carta de aceite da IES, reconhecida pela Ministério da Educação de Portugal (original + fotocópia autenticada);

* Comprovativo de Alojamento;
* Comprovativo de rendimentos, se os pais forem responsáveis pela subsistência, apresentar a certidão de nascimento (2 via original emitida menos de seis meses com assinatura do escrivão reconhecida em Cartório de Ofício).

* E-mails não são aceitos;
* Validade dos documentos: 2 meses;
* Valor a pagar no ato da entrega dos documentos: +/- 350 reais;

* Se vai ficar em hotel ou pousada – confirmação da reserva de no mínimo 15 dias passada por fax;
* Se os pais forem os responsáveis, apresentar: declaração de responsabilidade onde conste o montante a ser enviado mensalmente, com assinatura reconhecida em cartório de ofício + declaração de empresa empregadora com assinatura reconhecida em cartório de ofício + fotocópia autenticada dos três últimos contra-cheques.


Após receber a listinha, uma menina super simpática e prestativa, que está indo pra Universidade do Porto neste sábado, me passou outras informações. Deve ter visto minha cara de desespero, haha

* Seguro saúde de 30 mil euros?
Faça o PB4, que dá direito à assistência pública (de qualidade ótima) em Portugal. Mas isso é assunto pra um post mais detalhado.

* Precisa MESMO esperar a carta de aceite?

Sim, mas relaxe, a carta da Universidade de Coimbra é a que chega mais rápido.

* Precisa ser a carta ou serve o e-mail?
Você pode pedir à faculdade uma cópia escaneada da carta de aceite, para agilizar o processo do visto.

* Quanto tempo demora pra sair o visto?
Em torno de 60 dias.

* E se eu for MUITO azarada e, mesmo assim, chegar a semana da viagem e nada do visto ter saído?

Aí você vai fazer como a menina que encontrei no consulado (devia ter pego o e-mail dela, aff!), e terá de fazer uma visitinha à Madrid, pois seu visto definitivo será encaminhado para lá. No Consulado você receberá um documento informando desse procedimento (eu VI o documento Binha, pode acreditar! kkkkk), caso dê algum problema é só apresentá-lo e está tudo bem, você pode entrar no país.

* Autentique todos os documentos, pegue assinatura de tudo, enfim, seja previnido(a), pra não ter que voltar nos mesmos lugares, o visto atrazar, remarcar o voo, etc.

Consulado de Portugal em Recife: Av. Engenheiro Domingos Ferreira, 4060. 6º andar (o edifício se chama Blue Tower). Tel./Fax: (55 81) 3327-1514

24 de set de 2009

Chilique de fã

Direto do site oficial do U2, novas datas da turnê U2360 pra 2010.


Alguém duvida que foi a MELHOR notícia dos últimos tempo? *-*

18 de set de 2009

Entrar numa bicha para levar uma pica pode não ser o que você está pensando...

Formulários das universidades estrangeiras entregues na sala da Cooperação Internacional!



Vale salientar que, para preenxer os formulários é necessário ter conhecimento de algumas diferenças entre o português de Portugal e o do Brasil:

O que é chamado sobrenome no Brasil é apelido em portugal.
E a data lá escreve-se ano/mês/dia.

Claro que para estar lá é necessário saber algumas outras diferenças(nesta postagem, palavras iguais com significados diferentes):

Garoto:
No Brasil, menino.
Em Portugal, é o nome popular do café com leite que se toma nos cafés ou restaurantes, sendo comum a distinção entre o "garoto claro" (mais leite do que café) e o " garoto escuro" (vice-versa).

Bicha:
No Brasil é gíria para designar um homossexual masculino. Em Portugal, significa simplesmente fila.

Velocípede:
No Brasil, pequeno veículo com pedais e três rodas, geralmente para crianças. Em Portugal, é a nossa bicicleta, sendo que o veículo infantil é chamado "triciclo".

Cápsula:
No Brasil, recipiente oco que serve de veículo para um conteúdo qualquer. Em Portugal, é tampa de garrafa.

Penso:
No Brasil, conjugação do verbo "pensar". Em Portugal, é curativo que se usa em ferimentos leves; o modelo industrializado do tipo band-aid é chamado de "penso rápido".

Putos:
Tido como palavrão no Brasil, em Portugal é um termo dos mais inocentes: vindo do latim puer, indica crianças, garotos.

Fato:
No Brasil, um acontecimento, uma ocorrência real. Em Portugal, com esse mesmo sentido, escreve-se "facto"; a palavra "fato" indica terno, roupa em geral: "Preciso comprar um fato escuro para ir amanhã à Ópera."

Dobrar:
No Brasil, é envergar algo, produzir uma dobra. Em Portugal, significa dublar, substituir os diálogos e vozes de uma trilha sonora (de filme etc.) falada numa língua por trilha equivalente em outro idioma.

Cuecas:
Em Portugal, designa, além de roupas de baixo do homem, a peça feminina equivalente, muitas vezes indicada no diminutivo para distinguí-la da masculina.

Roupa-velha:
Na maior parte do território Brasileiro, tem apenas o sentido óbvio, mas, em Portugal, refere-se também a uma espécie de ensopado feito com sobras de carne e legumes.

Assobio:
No Brasil, é o silvo emitido com os lábios. Em Portugal, é o apito, o pequeno instrumento oco que produz um som semelhante.

Saiba mais em mais um site sobre: http://www.perguntascretinas.com.br/dicionario-de-portugues/

Quanto ao título da postagem, calma, bicha em Portugal é fila e pica é injeção!

14 de set de 2009

Passaporte



Passaporte feito!

1) Vai no site http://www.dpf.gov.br requerer a emissão de passaporte.
2) Paga e guarda o comprovante de pagamento.
3) Agenda a ída ao aeroporto (polícia federal).
- Só havia horários até 13 hrs.
4) Vai ao aeroporto com identidade, CPF, título de eleitor (não esquecer comprovante de votação) e o comprovante de pagamento.
- Confirmar dados, colocar digitais e assinatura e tirar foto (sorria! Não tem frescura não!)
5) Espera chegada do passaporte, a notícia vem por e-mail.
- Para o documento do programa de mobilidade é necessário o número do passaporte, o prazo que dão para que o passaporte esteja pronto é de 6 dias úteis. Por mais que o passaporte esteja saindo mais cedo do que o prazo dado é interessante ficar de olho no prazo de entrega do formulário do programa e do preparo do passaporte para não haver problema.
6) Vai receber o passaporte (no mesmo local) com o comprovante de requerimento de documento de viagem que recebemos na ída ao aeroporto.
- Assina e recebe o passaporte!

4 de set de 2009

Correção

Fichas para o Programas de Mobilidade e Ficha de Candidatura com prazo de até 15 de setembro para o envio.

Recebemos via e-mail:
"Informamos que vocês têm até o dia 15 de setembro para entregarem os formulários das universidades estrangeiras na sala da Cooperação Internacional."

23 de ago de 2009

Pré-selecionadas

Nesta quinta-feira recebemos no e-mail o aviso de que fomos pré-selecionadas!

"Informamos que vocês foram pré-selecionados pela UFPE para cursarem disciplinas em universidades estrangeiras através do intercâmbio.
A partir de amanhã enviarei os formulários a serem preenchidos para cada instituição escolhida."

E assim aconteceu: recebemos, no dia seguinte, fichas a serem preenchidas tanto para candidatura para residências univeritárias quanto para o Programas de Mobilidade, Ficha de Candidatura para Estudantes.

Assim que preenxidas, as fichas de candidatura deverão ser autenticadas e mandadas para o endereço da Divisão de Relações Internacionais, junto ao nosso currículo acadêmico. Temos o prazo de até 1 de novembro para o envio.

Quanto ao passaporte, requeremos a emissão no site http://www.dpf.gov.br/ e, após pagar taxa de 156,07 reais, é preciso agendar o atendimento.


26 de jul de 2009

Pra entrar no clima

http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics.aspx?cmm=14830

22 de jul de 2009

Inscrição (finalmente)

Chegamos de manhã na coordenação com Histórico (incompleto) e declaração impressos, prontos para serem carimbados. E nós: prontas para enfrentar quaisquer broncas que poderiam aparecer quanto a todo esse procedimento escolhido por nós para que não fôssemos prejudicadas com o atrazo do lançamento das notas no sistema.

Ao chegar lá, descobrimos que tinha como lançar nossa nota na hora e imprimir.
E assim foi feito.

Com o histórico carimbado e assinado pela coordenação, em direção à Reitoria (onde se localiza a Coordenação de Cooperação Internaciona da UFPE)!
Entrega-se o Histórico (tinhamos esquecido a foto 3X4, mas deu para fazer a inscrição, pode levar depois) e preenxe-se um fórmulário com seus dados!
Estamos inscritas!

O resultado tem previsão de sair na segunda semana de Agosto, no nosso e-mail.

Admirem a foto (com dados censurados) do histórico e formulário entregues:

20 de jul de 2009

No meio do caminho tinha uma pedra...

No início deste mês, mês de inscrição (temos até o último dia), fomos a coordenação tirar dúvidas e levamos um susto: o coordenador nos informou que só poderíamos fazer intercâmbio depois de 40% da carga horária total do curso paga. Precisaríamos pagar mais um semestre de curso antes da inscrição.

O fato é que o dia que escolhemos para irmos à coordenação coincidiu com a abertura das inscrições para um outro tipo de intercâmbio:

http://pe360graus.globo.com/educacao/educacao-e-carreiras/intercambio/2009/06/23/NWS,493047,35,454,EDUCACAO,885-PROGRAMA-BOLSAS-LUSO-BRASILEIRAS-INSCREVE-ESTUDANTES-UFPE.aspx

Neste, os pré-requisitos são:

- Estar regularmente matriculado na UFPE;
- Ter ingressado através do vestibular;
- Possuir média geral igual ou superior a sete;
- Não possuir nenhuma reprovação ou cancelamento com ônus em componentes curriculares no histórico escolar;
- Ter concluído 40% da carga horária total do curso;
- não ter sido selecionado em nenhuma das versões anteriores ou atuais de algum programa de bolsas de estudos no exterior.

O fato é que nosso intercâmbio é outro e os pré-requisitos são:

- Ter concluído 1 ano acadêmico (2 semestres letivos) com total aprovação nas disciplinas cursadas;
- Ter coeficiente de rendimento escolar igual/superior a 7,0;
- Ter, no máximo, 1 reprovação nos demais períodos (Resolução em andamento).

No "meio tempo" entre descobrir que não poderíamos mais ir em Fevereiro para Portugal e descobrirmos que poderemos sim, foram feitas muitas pesquisas e vistos muitos blogs e falado com pessoas que farão ou fizeram intercâmbio (e ainda conversaremos e pesquisaremos mais).

No site da ABA (Associação Brasil América) achei umas dicas de viagem interessantes, mas tem que levar em conta o lugar para onde está viajando, o tipo de viagem, etc.:

Estamos num processo de pesquisa sobre, resumidamente, gastos: passaporte, vacinas, visto, seguro saúde, passagem, táxi, ônibus, pousada, comida, apartamento e até cãmera digital entra na nossa lista de pesquisas! O resultado delas estará num post futuro aqui no Vide Portugal, o mais completo e entendível possível!

A conclusão, até agora, é de que é necessário entre 450 e 550 euros para viver em Portugal (informação dada por funcionário da Coordenação de Cooperação Internacional). Em blogs e comunidades descobrimos gente vivendo por muito menos: trezentos e "tantos" euros.

Estamos também tendo que resolver um problema típico: falta um professor lançar uma nota no Siga (UFPE digital), para que possamos imprimir o histórico escolar e mandar carimbar. Essa semana resolveremos e nos inscreveremos!

Existem muitos "tipos" de intercâmbio. Para participar do mesmo que nós, deverá ser estudante de graduação vinculado à Universidade Federal de Pernambuco, está de acordo com os pré-requisitos citados, podendo passar de 6 meses a um ano. A "situação" aparece no siga como "mobilidade estudantil". A inscrição é feita na Coordenação de Cooperação Internacional (prédio da Reitoria, 1º andar) e, para isto, é necessário apresentar o Histórico escolar emitido pelo Corpo Discente/Proacad (original) carimbado.

http://www.ufpe.br/new/coopinter.html




8 de jun de 2009

Escolha das cadeiras

Avisando, primeiro, que o "foco" do blog será especificamente no intercâmbio à Coimbra, entre a Universidade Federal daqui e a Universidade de Coimbra. Espero que possamos ajudar, de alguma forma, para quem busca intercâmbio em outras cidades de Portugal, também.
Antes de qualquer coisa, fomos no departamento de relações internacionais - aqui em Recife-PE, se localiza na reitoria, primeiro andar - e obtivemos informações gerais e tiramos dúvidas mais abrangentes, como por exemplo a quantidade de vagas para conseguir bolsa ou quanto à moradia, etc. É interessante tirar as dúvidas através do departamento, mas posto que já fizemos algumas muitas perguntas lá, podemos tentar ajudar aqui, é só mandar a pergunta o/

Através do site http://www.uc.pt/ (link Ciências e Tecnologia departamento de Arquitetura, https://webonc.darq.uc.pt/weboncampus/index.jsp ) fizemos o download da Fichas das Disciplinas para dar-mos uma lida nas disciplinas que provavelmente poderíamos pagar:

-Disciplinas que durem um semestre (nós vamos em fevereiro que equivale ao segundo semestre letivo da Universidade de Coimbra, então não poderíamos pagar cadeiras que durassem um ano).

-Observar o pré-requisito das disciplinas.

-Ter certeza de que as cadeiras escolhidas equivalem à cadeiras que ainda não foram pagas por nós.

-Observar os horários das disciplinas.

-Checar se a cadeira poderá substituir alguma dos períodos posteriores que iremos, consequentemente, atrasar.

-Escolher em qual semestre pagaríamos cada disciplina.

Fizemos um possível horário das disciplinas, caso a coordenação confirme a possibilidade de pagá-las:

OBS: Ainda falta descobrir o horário da cadeira Fotografia e Composição

Essa semana iremos conversar com nossa coordenadora sobre as cadeiras, a possibilidade de pagá-las e a questão da "substituição".

Ria um pouco (para não andar a apanhar papeis, turma!) :
http://www.alzirazulmira.com/diferencas.htm

13 de mai de 2009

rá!

dessa vez eu estreei :B

PS: querido leitor, favor voltar em junho/julho.